Página Inicial Notícia

SAÚDE 21/07/2021 CAPS promove festa julina para moradores das Residências Terapêuticas de Franco da Rocha

CAPS promove festa julina para moradores das Residências Terapêuticas de Franco da Rocha

O arraiá julino do Centro de Atenção Psicossocial Luiz Marcelo Mazarini Novaes (CAPS), aconteceu na última sexta-feira (16). O encontro, organizado por meio da Secretaria da Saúde, junto com os profissionais das Residências Terapêuticas, recebeu os 18 moradores das unidades, para compartilharem um momento de descontração e alegria, com comidas típicas, gincanas e danças.

Veja fotos do arraiá

O principal objetivo do evento foi promover a junção e socialização entre as duas casas terapêuticas, visto que devido à pandemia do Coronavírus, os atendidos das residências precisaram ficar em isolamento social, sem poder transitar pela cidade, como é proposto pela instituição.

Vestidos a caráter, os moradores esperavam apreensivos para o início do bingo que seria feito ao final do evento. Segundo a técnica de referência das residências terapêuticas, Ana Paula Batagine, esse encontro foi realizado no momento certo, muitos dos moradores estavam sofrendo com o confinamento desde o início da pandemia.

“Esse acontecimento só foi possível após a vacinação de todos os moradores e funcionários das casas. O legal dessa ideia é promover o encontro entre antigos moradores do Juquery, muitos se conhecem desde a época em que viviam no Complexo Hospitalar do Juquery, e esse momento é importante para a socialização, reintegração, e principalmente, aprendizagem de como a vida pode recomeçar por meio de novas amizades”, frisou Ana Paula.


Reafirmando sobre a importância da socialização entre os moradores das unidades, a gestora do CAPS I, Jessica Passini, fala sobre as dificuldades enfrentadas pelos moradores em decorrência da pandemia. “O aumento da ansiedade em cada morador foi notório, junto do bloqueio de convivência com o próximo. Até mesmo por não se adaptarem aos protocolos de segurança contra a Covid-19. E é com esse momento de descontração, de lazer, que a normalidade volta aos poucos para cada um deles”.

CAPS

O Centro de Atenção Psicossocial de Franco da Rocha, disponibiliza grupos de apoio como oficinas terapêuticas, promovendo encontros para socialização entre os moradores e acompanhamento médico, a fim de cuidar de todos os atendidos que sofrem transtornos mentais.

O serviço de saúde comunitário disponível na cidade, tem como objetivo, acrescentar habilidades às pessoas, diminuindo o sofrimento causado por transtornos mentais, envolvendo diretamente os que estão ao redor de cada atendido. As unidades contribuem anualmente para a reintegração dos atendidos, promovendo a autonomia, evitando assim novas internações.

Texto: Bianca Monteiro - Foto: Cesar Iury