Página Inicial Notícia

EDUCAÇÃO 07/04/2016 Com aproximadamente 100 pessoas presentes, Livro Mais Educação: Experiência e Linguagem é lançado na última quarta-feira (6)

Com aproximadamente 100 pessoas presentes, Livro Mais Educação: Experiência e Linguagem é lançado na última quarta-feira (6)

“Eu nem gostava de ler, mas comecei uma história outro dia e agora não consigo parar. Acho que é porque a professora deixava ler deitado”. Essa foi a declaração de um aluno da rede municipal de ensino que está no livro Mais Educação: Experiência e Linguagem, lançado na última quarta-feira (6).

O evento para o lançamento do livro reuniu aproximadamente 100 pessoas na Sede da Secretaria de Educação, em Franco da Rocha. Com 74 páginas, a publicação é um registro do programa desenvolvido na rede municipal de ensino ao longo do ano de 2015 e contém além de declarações de alunos, fotos e trabalhos escolares.

O prefeito Kiko Celeguim, em seu pronunciamento, destacou a importância de um programa de ensino como esse para os alunos da rede municipal. “O Mais Educação fará a diferença certamente na vida de muitas crianças e famílias, que esperam ter mais perspectiva de desenvolver dentro e fora da escola, a educação com o divertimento e é o que esse projeto educacional e o livro mostram”.

A coordenadora dos projetos educativos da Secretaria de Educação, Andreia dos Santos de Jesus, falou sobre a elaboração do livro lançado nesta quarta-feira (6). “Ele é o resultado de um trabalho realizado durante um ano, em que a gente tinha como objetivo aproveitar os próprios registros utilizados pelos professores para produzir esse material. Foram entregues três desses portfólios que os professores foram fazendo durante o ano de trabalho contendo textos, imagens e avaliação das crianças sobre o programa. Para montar o livro, em janeiro, começamos a trabalhar sobre esse material, recuperamos o fio condutor do projeto que em 2015 abordou a cultura indígena e africana e a importância do brincar para montar o livro. Durante quinze dias embarcamos nesse portfólio que recebemos para fazer a seleção e finalização do que seria publicado”

Durante o lançamento do livro, a Secretária Municipal de Educação, Renata Celeguim, refletiu sobre a maneira de ensino atualmente. “Tudo que a gente consegue apresentar para a sociedade, ou o que a sociedade considera como feito na educação são obras e nós educadores sabemos que é importante uma escola bonita, com espaços e materiais adequados, professores bem formados e remunerados, mas essa escola que encanta o aluno, que faz o aluno falar 'nossa', essa escola que todo mundo sonha, que traz a felicidade para o ser humano ela ainda precisa ser construída, porque hoje, tudo o que nos temos de equipamento, de prédios, de tecnologia não está sendo suficiente, pois o jeito de ensinar não é nem do século passado, o jeito de ensinar é do século retrasado”.

Renata continuou destacando a forma de ensino e a importância do programa Mais Educação para ser um meio para essa mudança. “É por isso que as pessoas que não são da área da educação precisam se sensibilizar com isso, não adianta eu construir mais escolas se a gente não tiver um jeito de ensinar que encanta as crianças e esse trabalho feito no programa Mais Educação é encantador. Ele encanta as crianças, professores, pais e todas as gestoras”

Além do prefeito, da secretária de educação, professores e coordenadores da rede de ensino municipal, marcaram presença no lançamento do livro o vereador Eric Valini, secretário da fazenda Ricardo Costa, a secretária adjunta de educação Ira Silva e a secretária adjunta de esporte Silmara Ciamponi.

Sobre o programa Mais Educação em Franco da Rocha

O programa Mais Educação, do Governo Federal, foi adaptado para se adequar as necessidades de Franco da Rocha e foi implantado há três anos, aos alunos do 4º e 5º ano da rede municipal.

Andreia dos Santos de Jesus acredita que futuramente esse programa pode ser trabalhado em período integral, mudando a forma de ensinar. “O que a gente faz é no contra turno, mas o que a gente faz no contra turno eles (alunos e professores) vão cada vez mais percebendo que poderia ser feito no turno. A ideia é que essas experiências nos ajude a repensar a escola como um todo”.

Kiko também acredita no programa, mas sabe da necessidade de dar suporte aos educadores e alunos da rede. “Vamos nos esforçar muito para que vocês professores possam desenvolver e ensinar essas crianças com passos bastante largos. Com vocês também temos o desafio de melhorar a educação, melhorar as condições de trabalho dos funcionários e aumentar a infraestrutura educacional na cidade, sendo referência nesta área na região e fazendo diferença na vida do franco-rochense”.

(Texto e foto: Ewerton Geniseli)

Confira as fotos do lançamento do livro