Página Inicial Notícia

ASSISTÊNCIA SOCIAL 23/10/2017 Franco da Rocha sediou Plenária Regional de Economia Solidária

Franco da Rocha sediou Plenária Regional de Economia Solidária

Com o tema “Quem somos? Onde estamos? Onde queremos chegar?”, a Plenária Regional de Economia Solidária da Região Campinas foi realizada na Escola Técnica Estadual (Etec) Doutor Emilio Hernandez Aguilar, em Franco da Rocha, no último sábado (21), promovida pela prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

O encontro teve como foco eleger dez delegados, definir propostas que serão encaminhadas pelos eleitos para as plenárias estadual e nacional e, por fim, promover avanços na economia solidária do estado de São Paulo.

Além de representantes de Franco, participaram membros de Campinas, Valinhos, Piracicaba, Artur Nogueira, Monte Mor, Itupeva, Campo Limpo Paulista e Francisco Morato. Franco da Rocha e mais 25 municípios fazem parte da Regional Campinas, que compõem o Fórum Paulista de Economia Solidária.

Segundo Luciane Mosca, gestora do Núcleo de Programas e Projetos da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Franco se tornou uma referência entre essas cidades.

Início dos trabalhos

Compuseram a mesa de abertura do evento: Ana Maria, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Kiko Celeguim, prefeito de Franco da Rocha; Mario Maurici, ex-prefeito de Franco da Rocha e representante do deputado estadual Vicente Cândido; Leile Mendes, presidente da Feira de Economia Solidária; Nani Martins, membro da UNISOL Brasil (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários).

Ana Maria lembrou, emocionada, que esse trabalho de apoio à economia solidária começou há alguns anos. “Nós estamos avançando bastante, só não podemos perder onde nós queremos chegar”, enfatizou.

Kiko Celeguim reforçou a ideia de reunir propostas que fortaleçam o programa e falou sobre a importância delas para os franco-rochenses. “A ideia é de trocar experiências. Mostrar ideias boas aqui de Franco da Rocha e ver o que as cidades participantes podem nos trazer de ideias que nós não conseguimos pensar aqui. Para que de fato a gente possa melhorar as condições dos trabalhadores e trabalhadoras da nossa cidade.”




Ao fim da cerimônia, o Clube do Idoso com “As Andorinhas” do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Lago Azul, fez uma apresentação de viola caipira.

Empreendedor solidário

Uma das ações que também fez parte da Plenária, foi a feira com os empreendimentos solidários montada no local. A barraca “Ateliê Morena” da Daniele Moreno estava cheia de artigos de artesanato, feitos por ela desde que entrou no programa, há cerca de quatro meses.

“Eu estou contente de participar do projeto, me ajuda financeiramente e também na minha autoestima. Eu estava desempregada há mais de quatro anos quando comecei”, contou Daniele.




Além da “Ateliê Morena”, o local tinha empreendimentos de alimentação, hortifrúti, entre outros.

(Texto e fotos: Karen Moraes)