Página Inicial Notícia

DESENVOLVIMENTO URBANO 26/10/2017 Audiência Pública do PDUI é realizada em Franco

Audiência Pública do PDUI é realizada em Franco

Na última terça-feira (24), Franco da Rocha recebeu a Audiência Pública do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo (PDUI-RMSP), no auditório da Secretaria da Educação.

O evento contou com a presença de aproximadamente 30 pessoas entre membros da sociedade civil e também da gestão pública, com o objetivo de reunir propostas para o planejamento e execução das funções públicas de interesse comum.

Integraram a mesa da Audiência: Marcus Brandino, secretário das relações institucionais e comunicação social – representando o prefeito Kiko Celeguim, Alex do Posto, vereador, representando a Câmara dos vereadores de Franco da Rocha, Bonfilio Alves Ferreira, representando o Consórcio Intermunicipal dos Municípios da Bacia do Juqueri (CIMBAJU), Maria Ligia Wertheimer, representando a Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A (Emplasa), Daniel Sabino, representando a comissão técnica do PDUI na Prefeitura de Franco da Rocha e Mario Maurici, representando a sociedade civil.

O Plano

É um instrumento legal de planejamento que estabelece as diretrizes, projetos e ações para orientar o desenvolvimento urbano e regional, com o foco em reduzir as desigualdades e melhorar as condições de vida da população que mora na região metropolitana de São Paulo.

O PDUI tem o objetivo de discutir melhorias e parcerias que as cidades da Grande São Paulo podem realizar para beneficiar a população em longo prazo.

Na região, as ações são direcionadas aos cinco municípios que compõem o CIMBAJU: Franco da Rocha, Caieiras, Cajamar, Francisco Morato e Mairiporã. A audiência é uma oportunidade que essas cidades têm de fazer uma discussão mais integrada de suas dificuldades no processo de desenvolvimento.

Além das audiências que acontecem em diversas regiões, o PDUI também recebe contribuições e propostas da sociedade civil e do poder público, por meio da plataforma digital. Clique aqui para acessar.

As contribuições poderão fazer parte dos documentos de subsídios ao Plano que acompanharão o Projeto de Lei (PL) que será enviado à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em 2018. É importante ressaltar que as contribuições propostas e os comentários devem ter enfoque metropolitano, considerando o bem comum da região e de seus moradores.

(Texto e foto: Karen Moraes)