Página Inicial Notícia

DESENVOLVIMENTO SOCIAL 03/05/2018 Novo projeto do CDI de Franco da Rocha terá horta suspensa e oficina de nutrição

Novo projeto do CDI de Franco da Rocha terá horta suspensa e oficina de nutrição

Movimentar o cotidiano dos frequentadores do Centro Dia do Idoso (CDI) é o principal objetivo das atividades que já acontecem por lá. O propósito porém, é ainda mais amplo se considerarmos a implantação de hortas suspensas, que teve início no dia 25 de abril.

O novo espaço terá dupla função: oficina de manejo, irrigação e capina e oficina de nutrição. Com a produção de hortaliças e ervas, os idosos vão aprender o valor nutricional desses alimentos, além do uso medicinal de ervas para combate da hipertensão arterial, diabetes e outras doenças crônicas. O plantio segue até a próxima semana.

“Fomos atender a uma solicitação dos usuários do CDI que gostariam de ter local acessível para plantar. Iniciamos o projeto urbano específico para as condições físicas naturais às pessoas idosas. Fizemos a horta ergonômica com acessibilidade - inclusive para cadeirantes - a uma altura que os usuários não precisem se abaixar”, explicou o gestor do Núcleo de Fomento à Agricultura, Leonardo Tie.

Ainda segundo o gestor, foi feita uma estratégia para que a colheita seja realizada com mais frequência. “Estamos fazendo o plantio escalonado para que possamos colher semanalmente. Iniciamos o plantio dia 25 e a conclusão dessa etapa será na semana que vem. A ideia do escalonamento é para que se tenha atividade laboral frequentemente”.


No plantio serão abordados temas como adubação, variedades de plantas cultivadas e a questão do alimento saudável. No pós-plantio, os idosos vão manejar a horta, que inclui irrigação e capina e o responsável por orientar esses idosos será o próprio Tie.

Nutricional

Para ensinar os idosos sobre o valor nutricional de cada uma das hortaliças, uso de ervas condimentares e medicinais, o CDI terá uma oficina com a coordenadora de Segurança Alimentar, Nádia D'Ambrósio e a nutricionista Josélia da Silva, ambas da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

“As profissionais vão nortear os idosos sobre a importância nutricional de cada alimento produzido na horta, além de estimular o uso de chás com as ervas medicinais que auxiliam no controle de diabetes, pressão alta, entre outras doenças”, contou a coordenadora do Centro, Gislene Manga.

CDI

O Centro Dia do Idoso Tereza Nair Leonardi Anzelotti, funciona em Franco da Rocha desde junho de 2016, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h e atualmente atende 17 idosos. Além da hidro e da educação física, os frequentadores têm aulas de artesanato, dança circular, pilates e coral.

A unidade tem a finalidade de promover autonomia, inclusão social e a melhora de qualidade de vida das pessoas idosas, além de evitar seu isolamento social.

Os frequentadores também recebem atendimento de médico geriatra, podólogo e acupunturista. No local, a prefeitura fornece três tipos de alimentação diariamente: café da manhã, almoço e café da tarde.

(Texto: Adriana Carvalho - Foto: Equipe CDI)