Página Inicial Notícia

DESENVOLVIMENTO SOCIAL 13/06/2018 Dezenas de pessoas participaram do evento do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

Dezenas de pessoas participaram do evento do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

No Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, comemorado na última terça-feira (12), a prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e do CMETI (Conselho Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil), promoveu uma ação na Praça Caieiras, em frente a estação de trem da CPTM, para mobilizar e conscientizar a população sobre o tema. Veja fotos

Dezenas de pessoas que passavam pelo local pararam na tenda instalada na praça, para assistir a apresentações de dança, capoeira, percussão e da banda de tambores da cidade. Além das atrações artísticas, a população pôde contar também com os serviços oferecidos por profissionais do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), além de receber informações sobre os cursos oferecidos pela ETEC Franco da Rocha.

Foi um dia recheado de brincadeiras, atividades recreativas e muita diversão. Os alunos das escolas Katia Maria Tarifa Leme Tonelli, Pedro Lelis de Souza, Isaura de Miranda Botto e Professor Zilton Bicudo participaram da ação exibindo um varal com a cronologia das conquistas ligadas aos diretos da criança e do adolescente, no que se refere ao trabalho infantil.


Inaugurando a tenda em grande estilo, o grupo da oficina cultural de break dance do professor Will esquentou o público com as apresentações dos alunos. A galera ia ao delírio a cada rodopio e movimento realizado no ar ou no chão.

Acompanhados pelo som do berimbau, tocado pelo Mestre Costinha, a Banda de Tambores formada pelo programa de assistência social da prefeitura, garantiu o aquecimento para a roda de capoeira. Logo em seguida, os alunos do Projeto Roda de Capoeira de Franco de Rocha, gingaram e contagiaram o público presente.

Complementando as ações do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) instalou uma barraca para emissão de Carteira de Trabalho e cadastro no CIEE, órgão de integração entre empresas e menores aprendizes.

Os profissionais do CEREST (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), também marcaram presença oferecendo aferição de pressão arterial e vacinação contra gripe e febre amarela.

O senhor Djalma da Silva, morador da Vila Ramos, passou pelo local e aproveitou para tomar a vacina contra a gripe. Ele afirmou que a barraca facilitou a vacinação. “Eu, que estava saindo de uma sessão de fisioterapia, já aproveitei e passei aqui. É uma boa oportunidade, que faz com que a gente não precise se deslocar muito”, conta.

Durante a ação não faltou diversão para as crianças e adolescentes. Eles puderam realizar o que fazem de melhor: brincar! A galera pulou amarelinha, corda e dançou muito junto as apresentações da banda de percussão Casa Velha, organizada pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Em seguida, a garotada das escolas participou de um jogo de perguntas e respostas, onde puderam mostrar que estavam mais do que preparadas para lutar contra o trabalho infantil.

Mobilizando a população da cidade, os profissionais da Assistência e Desenvolvimento Social abordavam os moradores para explicar sobre a importância do combate ao trabalho infantil, distribuindo adesivos e panfletos, além do catavento, símbolo da campanha.

Para encerrar o dia, artistas circenses apresentaram o "Espetáculo de Mágica Cômica", arrancando gargalhadas de todos que passavam pelo entorno da estação.

É importante ressaltar que a condição de trabalho é considerada ilegal para crianças e adolescentes menores de 16 anos, com exceção da condição de aprendiz (a partir dos 14 anos), e toda atividade, que por sua natureza ou condição em que for realizada, possa prejudicar a saúde, segurança e a moral da criança e do adolescente deve ser proibida.

Balanço do evento

Segundo o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), foram emitidas 11 carteiras de trabalho e nove cadastros no CIEE.
Já a Secretaria de Saúde confirmou que durante o evento, foram aplicadas 110 doses da vacina contra a gripe e 10 pessoas foram imunizadas contra a febre amarela.

(Texto e foto: Luana Nascimento)