Página Inicial Notícia

EDUCAÇÃO 19/09/2018 Programa Mais Educação proporciona passeio cultural por locais históricos de São Paulo

Programa Mais Educação proporciona passeio cultural por locais históricos de São Paulo

Alunos das EMEBs (Escola Municipal de Educação Básica) Luiz Simionato e Donald Savazoni participaram na última semana, dias 11 e 12 de setembro, de um passeio cultural por São Paulo para saber mais da cidade e de alguns espaços que são marcos turísticos e históricos.

No primeiro dia, cerca de 25 alunos da EMEB Luiz Simionato fizeram uma visita monitorada na Sala São Paulo, acompanhados pelos professores que fazem parte do programa Mais Educação, os coordenadores e gestores da unidade.

Durante a visita, os pequenos ficaram sabendo que o piso do saguão foi decorado com a flor do cafezal, que a sala fica dentro da Estação Júlio Prestes, mas que os vidros blindados não deixam que o barulho atrapalhe os ensaios e as apresentações que acontecem no local.

Uma das experiências mais legais vivenciada pelos alunos da EMEB, foi quando foram convidados para darem um grito. Nesse momento, todos perceberam que o som pode ecoar de 5 a 10 segundos no salão, conforme informação passada anteriormente pelo monitor. A galerinha ficou maravilhada.


As crianças também descobriram que são muitas as curiosidades da Sala São Paulo, entre elas, o teto de madeira que pode estar mais alto ou mais baixo dependendo da necessidade da orquestra, o piano que também pode subir ou descer e, o mais incrível, eles aprenderam que é possível assistir a alguns ensaios e apresentações de forma gratuita.

No dia seguinte, foi a vez de 20 alunos da EMEB Donald Savazoni dar um rolê por São Paulo. Eles foram até o famoso Theatro Municipal, localizado no centro e conheceram o espaço bem no dia que o local fazia aniversário, completando 107 anos. Enquanto esperavam dar o horário da visita, os alunos passaram pelo Viaduto do Chá, outro cartão-postal por ter sido o primeiro viaduto construído na cidade.

Também em visita monitorada, os alunos observaram com tranquilidade as pinturas no teto dos salões do Theatro, puderam chegar bem próximo das entradas exclusivas para autoridades como secretário de cultura, prefeito e governador e ficaram sabendo que desde a época dos barões do café para cá, muita coisa mudou e, que hoje essas entradas não são mais de uso exclusivos de autoridades, mas sim de diversos outros convidados para as apresentações que ocorrem no espaço.

Os alunos presentes interagiram bastante com o monitor, perguntando e anotando em seus cadernos cada detalhe, como por exemplo, que o Theatro é redondo para que todos os visitantes possam assistir e ouvir o som perfeitamente, já que esse formato ajuda na propagação do som, que foi construído por imigrantes e que a obra demorou cerca de oito anos para ficar pronta

Quer saber mais sobre a Sala São Paulo? Acesse: www.salasaopaulo.art.br
Mais informações sobre o Theatro Municipal, clique aqui

Projeto Mais Educação

Essa e muitas outras visitas são possíveis na rede municipal graças ao Mais Educação, programa do Governo Federal adaptado pela Secretaria da Educação de Franco, que atende cerca de 480 crianças entre 10 e 11 anos e permite que o aluno participe de oficinas, passeios culturais entre outras possibilidades no contraturno do horário de aula. Esse projeto funciona em Franco da Rocha desde 2013 e, em 2018 a Educação direcionou o programa aos estudantes matriculados no 5º ano.

É um investimento de tempo de qualidade em que as crianças normalmente fazem as atividades na prática e aprendem muito, saindo da rotina de teoria aprendida em sala, tendo um ótimo momento para adquirir conhecimento e novas experiências.

Durante o dia a dia, o programa conta com dois educadores por sala de aula para orientação do tipo de atividade que será desenvolvida. O projeto é aplicado, em 16 unidades escolares.

(Texto: Ewerton Geniseli - Foto: Equipe Educação)