Página Inicial Notícia

CULTURA 09/10/2018 Museu itinerante Catavento chega nesta quarta (10) no parque municipal

Museu itinerante Catavento chega nesta quarta (10) no parque municipal

Já imaginou um museu sair do lugar de onde está e vir até aqui? Sim, agora isso é possível graças ao projeto Museu Itinerante Catavento, que vai trazer a ciência para mais perto de você.

A carreta estará aqui em Franco da Rocha, no parque municipal Benedito Bueno de Morais nesta quarta-feira (10) e ficará no local até o dia seguinte, 11 de outubro.

Na quarta, a visitação ficará disponível para a população das 9h às 15h30. A partir desse horário será a vez dos alunos da Escola Estadual Benedito Fagundes Marques (BEFAMA). Já na quinta-feira (11), o projeto atenderá a rede municipal e os alunos da EMEB Adamastor Baptista visitarão o espaço ao longo do dia.

Mais sobre o projeto

É desenvolvido em conjunto entre a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e o Museu Catavento que tem por objetivo levar, de forma itinerante, o museu a diversos municípios do Estado de São Paulo. A Secretaria municipal de Cultura, Esporte e Lazer foi a responsável por trazer o projeto para Franco.

Dentro da carreta, a ciência é apresentada de uma forma simples, divertida e interativa ao público das cidades.

O museu itinerante conta com nove experimentos que fazem parte do museu físico, localizado na cidade de São Paulo, e serão apresentados aos visitantes por dois educadores que trabalham no local.

Segundo a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Taiana Garcia, essa é uma grande oportunidade para o município. “Já poderemos despertar o interesse na moçada por assuntos ligados à ciência e museologia, o que beneficiará em muito as nossas construções do plano museológico do Museu de Arte Osório César”, este que está em construção e deve ser concluído no próximo ano.

Quais são os experimentos?

Bancada dos venenosos

A bancada dos venenosos apresenta alguns animais que, apesar de culturalmente conhecidos como perigosos, podem ter seu veneno utilizado para produção de remédios.

Gerador Van de Graaff

O Van de Graaff é um experimento desenvolvido para gerar tensões elétricas (voltagens) muito altas. Quando tocamos na esfera do gerador, as cargas que ali estão acumuladas se transferem para o nosso corpo e tendem a escapar pelas extremidades, por isso se acumulam em nossos cabelos. Como cada fio do cabelo possui o mesmo tipo de carga, essas cargas irão se repelir, deixando o cabelo “em pé”.

Pista de Embriaguez

Esta instalação simula o efeito visual da embriaguez. O objetivo é andar na pista sem encostar nos obstáculos. A pista é uma simulação da cidade, na qual os obstáculos poderiam ser carros ou postes.

Bicicleta Geradora

Um gerador está acoplado à roda que é movimentada pelos pedais e transforma energia mecânica (produzida pela pessoa que pedala) em energia elétrica. A energia elétrica produzida nesse caso é utilizada para acender um painel.

Gire como Patinadores

O experimento reproduz o giro de uma bailarina. Quanto mais próximo o corpo está do centro do equipamento maior será a concentração de massa, o que ocasionará o aumento da velocidade de giro. Porém ao afastar, a velocidade de giro diminuirá.

Terrário

O Terrário reproduz um microecossistema dentro de um recipiente fechado, onde há plantas, terra, água e ar. Para que haja vida é necessária a exposição à luz, que possibilita a fotossíntese. Nesse sistema tudo se renova, a água evapora e, ao condensar, volta para o solo.

Exposição Paisagens Cósmicas

A exposição foi desenvolvida para divulgar a Astronomia na sociedade tomando como referência o aniversário de 400 anos das primeiras observações telescópicas do céu feitas por Galileu Galilei. Com curadoria científica e texto final de Angusto Damineli (IAG-USP), a exposição leva o visitante a explorar o Universo por meio de imagens em uma viagem da Terra ao Big Bang.

Água e óleo

Essa instalação demonstra que água e óleo não se misturam, esse efeito é bastante conhecido pelas pessoas, o experimento explica o fenômeno através da diferença de polaridade e densidade dos líquidos.

Globo do Relevo

Nesse globo é possível observar os relevos formados em nosso planeta em decorrência do constante movimento das placas tectônicas.

Anote na agenda

Museu Catavento, a ciência mais perto de você;
Data: 10 de outubro, das 9h às 15h30 (aberto ao público);
Local: Parque Municipal Benedito Bueno de Morais;
Endereço: Rua Nelson Rodrigues, s/n, centro de Franco da Rocha.

(Texto: Ewerton Geniseli - Foto: Divulgação)