Página Inicial Notícia

TRÂNSITO 15/03/2019 Equipes do trânsito realizam operação para fiscalização do transporte escolar de Franco da Rocha

Equipes do trânsito realizam operação para fiscalização do transporte escolar de Franco da Rocha

Equipes da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana realizou ontem (14) uma operação de fiscalização das vans escolares que rodam pela cidade. A ação aconteceu em frente à EMEB Donald Savazoni, localizada no bairro Jardim Progresso.

Os veículos que atuam no transporte escolar precisam seguir normas de segurança e padronização. As exigências vão desde identificação visual com faixa lateral, credenciamento na prefeitura e no Detran e a vistoria feita a cada 6 meses.

O secretário-adjunto de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Anderson Rodrigues esteve no local acompanhando os agentes e explicou o objetivo da ação. “O intuito é fiscalizar a situação dos veículos e condutores do transporte escolar franco-rochense para garantir a segurança das crianças que são transportadas todos os dias”, contou.

No estacionamento destinado às vans, os agentes realizaram a fiscalização dos veículos seguindo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que estabelece as condições mínimas de segurança para o transporte de passageiros com idade inferior a dez anos em automóveis.

A documentação exigida inclui alvará de transporte escolar, selo de vistoria, documentos dos veículos, CNH dos condutores com categoria D e laudo de regularização do cronotacógrafo.


Ao todo dez veículos de transporte escolar foram fiscalizados e 5 notificações foram emitidas para que, no prazo de 24 horas, os responsáveis pudessem regularizar as pendências junto ao Detran.

A segurança é fundamental no transporte escolar e os pais devem ficar atentos ao serviço contratado, verificando se o condutor é habilitado, no mínimo na categoria D, se ele possui na habilitação a inscrição ‘T.E’., que indica a conclusão do curso de especialização para transporte de escolares, se há autorização da prefeitura e vistoria do Detran, além de se certificar das condições do veículo e equipamentos obrigatórios como cinto de segurança.

(Texto: Luana Nascimento - Foto: Orlando Junior)