Página Inicial Notícia

MAIO AMARELO 27/05/2019 Avanços no sistema de trânsito colaboram para a segurança de motoristas e pedestres

Avanços no sistema de trânsito colaboram para a segurança de motoristas e pedestres

Durante muitos anos Franco da Rocha sofreu com a falta de semáforos e de sinalização adequada nas ruas. A desorganização gerava insegurança para os pedestres e transtornos para os motoristas.

Essa realidade começou a mudar a partir de 2015, quando foi instalado o primeiro semáforo moderno da cidade. Localizada na av. Cavalheiro Angelo Sestini, a nova sinalização organizou o fluxo de veículos vindos dos bairros e garantiu maior mobilidade para quem acessa o Terminal Leste e a estação da CPTM.

A cidade conta hoje com outros 3 conjuntos semafóricos, posicionados no cruzamento da rua Basílio Fazzi com a rua João Rais, praça Dom Bosco com a rua Dr. Hamilton Prado e o da rua Cel. Domingos Ortiz com a rua Cel. Fagundes.

A nova sinalização, aliada a um planejamento viário que priorizou a segurança e realizou, entre outras coisas, a pintura de novas faixas de pedestres e a implantação de novas lombadas, tiveram como resultado uma maior fluidez no trânsito e o aumento da mobilidade da população.


De acordo com o gestor de projetos técnicos da secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Ezequias Miranda da Silva, os semáforos foram implantados para garantir a segurança na travessia dos munícipes. “Antes, por conta da desorganização, veículos e pedestres entravam em conflito nas ruas, após as mudanças realizadas conseguimos dar maior fluidez ao trânsito e preservar vidas, o que não tem preço”, afirmou.

Todas essas mudanças vão ao encontro das propostas do Movimento Maio Amarelo, cujo tema este ano é: “No trânsito, o único sentido é a vida”.

A campanha visa conquistar o envolvimento direto da sociedade nas ações de segurança e propõe uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a respeitarem a sinalização e optarem por um trânsito mais seguro, onde a prioridade seja a vida.

Compromisso com a vida

Em 2017 a prefeitura firmou convênio com o governo do estado de São Paulo para estabelecer parceria com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, que atua para reduzir pela metade o número de fatalidades no trânsito até 2020. O objetivo é auxiliar a cidade na gestão da segurança viária, oferecendo apoio financeiro para a realização de ações para reduzir as mortes no trânsito.

A parceria aconteceu por meio do empenho do município de Franco da Rocha em construir um projeto detalhado de melhorias no sistema, detectando os locais de maior risco de acidentes e a urgência em organizar o trânsito na cidade.


Ferramenta criada pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, o Infosiga, banco de dados que contabiliza mensalmente os óbitos decorrentes de acidentes no trânsito paulista, vem mostrando uma redução gradativa das mortes no trânsito em Franco da Rocha. Em 2016 foram 29 óbitos; em 2017, 18 e no ano passado 15 vítimas fatais na cidade. Até abril deste ano foram contabilizadas 6 acidentes com mortes no município, e as equipes da Secretaria de Trânsito seguem trabalhando para diminuir ainda mais esses números.

Esse resultado positivo só se tornou possível devido à mudança de comportamento da população. Quem antes tentava atravessar em qualquer ponto da via, hoje procura a faixa de pedestres, como é o caso de Margarete Cavalcante, de 37 anos. Ela mora na cidade há pelo menos 10 anos e lembra que a chegada dos semáforos foi uma grande novidade.


“Foi muito bom. Na cidade onde eu nasci, no interior de Sergipe, não tinha sinalização, por isso estava acostumada a atravessar em qualquer lugar. Muitas vezes estamos com pressa e nem prestamos atenção, mas pensando na segurança, o melhor é esperar o momento certo e atravessar na faixa”, explica Margarete.

Ainda mais segurança

O último semáforo instalado na cidade, o da rua Cel. Domingos Ortiz com Cel. Fagundes, possui um sistema diferente, fica intermitente, ou seja no modo piscante amarelo e possui botoeiras que, ao serem acionados pelas pessoas, fecham o semáforo veicular, abrindo para que os pedestres atravessem com segurança.

A prefeitura estuda instalar mais 3 conjuntos semafóricos para Franco da Rocha, um no cruzamento da av. Tonico Lenci com o bairro Portal da Estação, na av. Israel com o viaduto da Vila Bela e outro na rua Tiradentes com a rua João Mendes, Padre Vieira e Thomas Antônio Gonzaga, na Vila Bazu.

Ezequias esclarece ainda que, diferente dos semáforos que existem no centro, estes que estão em projeto localizam-se em áreas de pouca travessia de pedestres, mas são cruzamentos com um volume enorme de veículos, por isso, é necessário organizar também nos bairros os fluxos que estão gerando longas filas de congestionamento.

Outras ações

Neste mês, a prefeitura tem intensificado as ações educativas para sensibilizar a comunidade sobre a segurança no trânsito, os laços da campanha Maio Amarelo estão distribuídos por todo o município e nos pontos de maior movimentação de veículos, agentes do trânsito estão fazendo ações educativas com distribuição de panfletos, adesivagem de carros e orientação aos motoristas, motociclistas e pedestres para lembrá-los que todos são responsáveis por tornar o trânsito mais seguro.


(Texto: Luana Nascimento - Arte: Dalmir Junior)