Página Inicial Notícia

CULTURA 30/08/2019 Festival de Inverno traz a beleza do folclore brasileiro para o “Quartas Histórias”

Festival de Inverno traz a beleza do folclore brasileiro para o “Quartas Histórias”

Na última quarta-feira (28), diversos personagens folclóricos desembarcaram em Franco da Rocha em mais uma edição do “Quartas Histórias”, como parte do Festival de Inverno 2019. O espetáculo “Todo dia é dia de Folclore”, da Cia Terezinha, aconteceu na Biblioteca Caio Graco da Silva Prado e recebeu alunos das EMEBs Érico Veríssimo e Noel Rosa.

Em comemoração ao mês do folclore, o músico Paulo Souza e a atriz Patrícia Pires conseguiram prender a atenção das crianças com música ao vivo e interpretações dinâmicas para que elas aprendessem, de forma lúdica e divertida, uma cultura que é passada de geração em geração, e que vem perdendo espaço no mundo tecnológico.

Com idade entre 2 e 5 anos, os alunos ficaram hipnotizadas com toda a beleza das brincadeiras que os contadores apresentaram. Atentos a todas as histórias, eles ajudaram a contá-las, dançaram e se divertiram com os professores.

“As crianças já aprendem algumas dessas histórias na escola, com as aulas de folclore e as brincadeiras, mas vir para um espaço legal como esse é diferente e faz com que elas consigam aprender com a atividade”, afirmou a professora Mirian Melo.

A Cia. Terezinha tem a intenção de apresentar folclore com a ajuda das escolas, já que é lá que começa todo o aprendizado e vida social dos pequenos. As professoras ensinam histórias como o da mula sem cabeça, do saci pererê, o boitatá, entre outras e é com esse incentivo que a cultura popular permanece viva entre as gerações.


“Dependemos das escolas para começar a ensinar sobre a história do nosso povo, a que passa de boca em boca, a das brincadeiras de pião, roda cotia e todas as outras, porque é ali, no começo da vida social das crianças que elas vão entender a importância dessas atividades”, disse Paulo Souza, músico.

O Festival de Inverno está acabando, mas o “Quartas Histórias” acontece toda última quarta-feira do mês e na próxima apresentação terá o “Slam da ponta: Como acontece uma batalha de poesia?”, em duas sessões, a primeira às 10h e a segunda às 14h e é indicado para maiores de 12 anos.

A companhia

A Cia Terezinha faz espetáculos de contação de histórias com uma roupagem dinâmica e cheia de sensibilidade. Formado pelo músico Paulo Souza e pela atriz Patrícia Pires, o grupo realiza suas performances misturando música e informação de uma maneira divertida para prender a atenção do público.

(Texto e fotos: Gabriela Saça)