Página Inicial Notícia

ASSISTÊNCIA SOCIAL 05/09/2019 XI Conferência Municipal de Assistência Social é realizada com o foco na defesa de direitos e participação social

XI Conferência Municipal de Assistência Social é realizada com o foco na defesa de direitos e participação social

A ETEC Dr. Emílio Hernandez Aguilar recebeu, no sábado (24), a XI Conferência Municipal de Assistência Social.

Com o tema “Assistência Social: Direito do Povo com Financiamento Público e Participação Social” a atividade foi importante para debater três eixos sendo: eixo 1 “Assistência Social - Direito do Cidadão e Dever do Estado”; eixo 2 “Política Pública tem que ter financiamento público”; e eixo 3 “A participação popular garante a democracia e o controle da sociedade”.

A atividade contou com a presença de centenas de pessoas sendo membros da sociedade civil que utilizam os serviços oferecidos, membros da secretaria de assistência social do município para debater sobre esses eixos, além da presença do poder legislativo, representado pelo vereador Alex do Posto. Confira as fotos do evento.

Para dar início a atividade, a presidente do conselho de assistência social, Elen Palandi, comemorou o encontro, analisou a atual situação do país, destacou o quanto as politicas de assistência social são importantes e comentou sobre a necessidade da participação popular para defender direitos já adquiridos.


Na sequência, o diretor da ETEC Marcelo Gomes ressaltou que as pessoas estão precisando cada vez mais da Assistência Social nos últimos meses. “São 13 milhões de pessoas sem emprego, sem renda. A busca aqui é pela recuperação de direitos”, afirmou.


Ana Maria Ribeiro, secretária de Assistência Social do município, agradeceu todo o empenho de sua equipe para a realização da atividade e também durante as pré-conferências, realizadas nos bairros. “Este governo garantiu a continuidade de todos os conselhos da cidade. Nossa luta é para preservar nossos direitos”, afirmou a secretária.


Ao término de sua fala, o grupo Andorinhas do Lago Azul, que nasceu do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), fez uma linda apresentação.


Dando continuidade ao evento, foi feita a leitura e aprovação do regimento interno da Conferência em que as pessoas votaram levantando seus crachás.

Após o aceite, Luciane Mosca, diretora de proteção social da prefeitura, comentou sobre cada tema que seria discutido e direcionou os presentes para algumas salas, em que seriam realizados os debate e sugestões conforme o tema do eixo.


Ao final dos debates em sala foi a vez do Bloco da Casa Velha entrar em ação fazendo uma apresentação cultural.

No período da tarde, foram feitas as eleições das propostas e, uma outra eleição, para eleger os responsáveis por levar todas as demandas tratadas na conferência municipal para nível estadual.

(Texto e foto: Ewerton Geniseli)