Página Inicial Notícia

ASSISTÊNCIA SOCIAL 31/01/2020 Projeto Lelé da Cuca oferece capacitação profissional para frequentadores do CAPS II

Projeto Lelé da Cuca oferece capacitação profissional para frequentadores do CAPS II

Desde 2013, a Secretaria de Assistência Social promove ações que incentivam a inclusão social, autonomia e geração de renda para a população. Com isso, o Centro Solidário de Capacitação e Qualificação Profissional formou uma parceria com o CAPS ll (Centro de Atenção Psicossocial) para desenvolver o Projeto Lelé da Cuca, que oferece oficinas de capacitação profissional na área da alimentação para os usuários do serviço de saúde mental.

O projeto teve início durante os cursos de padaria artesanal e logo no início a turma já demonstrava bastante interesse em aprender e adquirir mais independência, além de conhecer uma nova possibilidade de geração de renda. Assim, fomentando a ideia da Economia Solidária (implementada no município no ano de 2016), foi possível elaborar o programa, visto que o Centro Solidário entra com a estrutura e fornece os cursos, já o CAPS ll investe na força de trabalho.

De acordo a gestora do CAPS ll, Ana Paula Batagin, os usuários desejavam há um tempo realizar essa parceria a fim de trabalharem com a economia solidária. “Muitos atendidos pelos CAPS ll têm potencial, porém, encontram-se em um quadro de sofrimento psiquiátrico, desta forma há dificuldades em inseri-los no mercado de trabalho. Por isso, o Projeto Lelé da Cuca é a fonte de motivação e os usuários estão muitos empolgados”, afirmou.

Hoje, a iniciativa atende 10 alunos, que participam quinzenalmente produzindo cookies e biscoitos. Também, uma vez ao mês testam receitas novas e aprendem sobre diversas temáticas, como higienização, rotulagem e armazenamento de alimentos. Segundo a nutricionista do Núcleo de Segurança Alimentar e Nutricional da prefeitura (SAN), Nádia Duarte estes temas tomam relevância por melhorar a qualidade do produto e do serviço oferecido, por isso também fazem parte das aulas.

Os produtos desenvolvidos pelo projeto já estão sendo vendidos nos espaços de comercialização criados pela Secretaria de Assistência Social como o Esquina do Carlito - Café & Boutique Social, localizado na Avenida Cavalheiro Ângelo Sestini, em frente à Estação de Trens da CPTM e na Boutique Social, que fica no Shopping Franco da Rocha.

CAPS ll

O Centro de Atenção Psicossocial de Franco da Rocha dispõe de grupos de apoio, oficinas terapêuticas, realiza confraternizações e acompanhamento médico a fim de cuidar dos pacientes que sofrem transtornos mentais.

O intuito é acrescentar habilidades às pessoas, diminuindo o sofrimento acarretado pelo transtorno mental, que envolve diretamente os que estão ao redor do paciente, como familiares e profissionais. A unidade contribui para reinserção do usuário, promovendo a autossuficiência tanto deles quanto das famílias para evitar a internação hospitalar.

Texto: Heloísa Maia - Foto: Equipe Centro Solidário e CAPS II