Página Inicial Notícia

ASSISTÊNCIA SOCIAL 20/06/2022 Ato pela erradicação do trabalho infantil em Franco da Rocha acontece no calçadão da Casa de Cultura

Ato pela erradicação do trabalho infantil em Franco da Rocha acontece no calçadão da Casa de Cultura

A prefeitura, por meio da Secretaria da Assistência Social, e em parceria com a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil (CMETI), realizou um ato de apoio ao dia 12 de Junho, Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002.

A atividade, que aconteceu em frente à Casa de Cultura Marielle Franco, realizou uma panfletagem de conscientização, apresentações culturais com dança, break e capoeira, finalizando com uma passeata pelos comércios locais e no Terminal Leste. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) também participaram em apoio ao evento.

Na abertura oficial, o prefeito Dr. Nivaldo ressaltou a importância do ato para a luta contra exploração das crianças e adolescentes em Franco da Rocha. “Queremos que a sociedade tenha um olhar diferente sobre o que é trabalho, reforçando que lugar de criança é na escola, estudando e brincando. Dizer não ao trabalho infantil é dar um futuro promissor e sadio para as nossas crianças, seja em casa ou por meio de políticas públicas”.


Além de pontuar as consequências do trabalho infantil, como por exemplo, os impactos físicos, psicológicos e a perpetuação do ciclo de pobreza que passa de geração em geração, a atividade detalhou a importância do programa Jovem Aprendiz aos adolescentes e empregadores que, de forma legal, traz diversos benefícios ao jovem e as empresas que contratam.


Durante a ação, voluntários abordaram os serviços que atendem crianças e famílias atingidas por essa triste realidade, como o Centro de Referências Especializada da Assistência Social (Creas) e o Centro de Referência da Assistência Social (Cras), equipamentos essenciais de auxílio às vítimas do trabalho infantil.


Texto e foto: Jorge Henrique Ramos