Página Inicial Notícia

Saúde 06/09/2022 Agosto Dourado: Prefeitura realiza palestras sobre importância da amamentação

Agosto Dourado: Prefeitura realiza palestras sobre importância da amamentação

A prefeitura, por meio da Secretaria da Saúde, em razão do mês do Agosto Dourado, realizou duas palestras sobre a importância da amamentação e alimentação materna. O evento foi realizado na sala de reuniões da praça da saúde, na casa da mulher, na última semana de agosto, sendo voltado para as gestantes de Pré-Natal de Auto Risco (PNAR) e puérperas atendidas pelo Centro de Atenção a saúde da Mulher (CAISM).

As palestras foram realizadas por profissionais de educação física, psicologia e enfermagem que levaram ensinamentos, exercícios e técnicas sobre a amamentação e a alimentação materna para auxiliar as mamães no processo tão importante e delicado que acontece após a chegada de seu filho.

No evento, questões sobre a importância do vínculo entre mãe e bebe, os primeiros passos e técnicas para o início da amamentação logo após o pós-parto, práticas e exercícios de yoga, e a técnica indiana shantala, que fornece muitos benefícios durante a alimentação materna, foram ensinados e passados para as mamães presentes que acompanharam e gostaram muito de cada ensinamento fornecido.

Segundo a psicóloga e palestrante convidada Elaina Santos, o processo de alimentação materna é um momento de contato muito delicado entre mãe e filho, onde muitas vezes existe a dificuldade da mãe não conseguir realiza-lo. “O mais importante é que se desenvolva um vínculo afetivo e emocional durante a amamentação, para o bom desenvolvimento do bebe. E é relevante ressaltar a isenção de culpa dessas mães quando esse processo não ocorre corretamente, para que elas possam sempre prosseguir e seguir bem”.

“O ser humano é totalmente dependente, e isso faz uma grande diferença para que essas pessoas estejam conscientizadas quando a questão do amamentar e do aleitamento materno. A gestação e o seu trabalho de pré-natal não consiste apenas em consultas médicas, mas também, nessas orientações multidisciplinares, que são muito significativas para esse desenvolvimento que ficará marcado pela vida inteira da mãe, e principalmente, da criança”, afirmou Elaina.

O Agosto Dourado, é um mês que foi definido pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para simbolizar a luta pelo incentivo a amamentação, sua cor é a dourada e está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. No Brasil, é conhecido também como “Mês do Aleitamento Materno”. O tema deste ano foi o fortalecimento da amamentação com educação e apoio.

Dia de informação e descontração

Uma das maiores dúvidas das gestantes é sobre alimentação da própria mãe durante a gestação. E foi assim, que na unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Leopoldino José dos Campos, no bairro Parque Vitória, que a agente comunitária de saúde, Márcia Feitosa, inciou sua palestra. O dia também contou com a participação especial do grupo de gestantes da região denominadas, Fruto do Amor, que receberam informações importantes a respeito do assunto.

Cláudia Fernandes, por exemplo, será mãe de segunda viagem, mas ainda possui dúvidas a respeito do assunto:
“Diversas vezes durante a minha primeira gravidez, escutei que não podia ingerir vários alimentos para o bebê não sentir cólica, isto é verdade?”, perguntou Cláudia à agente Fabiana.

A agente explicou de uma forma simples que isso só acontece se houver exagero na hora de ingerir os alimentos, e pontuou que também é muito perigoso ingerir bebidas alcoólicas neste período.

Para trazer um pouco de diversão ao evento, a equipe também preparou duas pequenas encenações, a primeira representava uma família desestruturada, onde uma dona de casa grávida não recebia apoio familiar e na segunda recebia ajuda de toda a sua família, estas histórias tinham o objetivo de mostrar que uma mulher grávida necessita de uma rede de ajuda e que ela não está sozinha.

Além das encenações, duas músicas foram apresentadas, "É preciso saber viver”, da banda Titãs e uma paródia da música “Despacito” do cantor Luis Fonci, a paródia representava como o período de gestação é um momento especial.


textos: Amanda Iglesias e khananda Beatriz.