Página Inicial Notícia

Trabalho infantil 21/09/2022 Criança não trabalha, criança dá trabalho: alunos da rede municipal recebem Prêmio MPT na Escola 2022 na temática “Todos Contra o Trabalho Infantil”

Criança não trabalha, criança dá trabalho: alunos da rede municipal recebem Prêmio MPT na Escola 2022 na temática “Todos Contra o Trabalho Infantil”

O início desta semana foi muito importante para a Secretaria da Educação e os alunos de ensino fundamental da rede municipal de ensino de Franco da Rocha que receberam o Prêmio MPT na Escola 2022, na fase estadual.

A premiação aconteceu na última segunda-feira (19), no Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo e quatro estudantes foram contemplados nas categorias de desenho, conto, poesia e música. Neste ano, o tema principal era “Todos Contra o Trabalho Infantil” e os alunos foram classificados da seguinte maneira:

CONTO - 1º lugar: Rafaelly Martins Cândido (Emeb Adamastor Baptista), com o conto “O Herói das Crianças”;
POESIA 1º lugar: João Vitor Mariano (Emeb Professora Alekssandra Aparecida Siqueira da Silva), com a poesia “Todos Contra o Trabalho Infantil”;
MÚSICA - 2º lugar: Rafael Gasparotto (Emeb Arnaldo Guassieri), com a música “Trabalho é Coisa de Adulto”;
DESENHO - 2º lugar: Rafaella Santos Ferreira (Emeb Adamstor Baptista), com o desenho sobre o trabalho infantil.
.


Além das escolas municipais de Franco da Rocha, escolas de todo o estado de São Paulo participaram do projeto, e os ganhadores foram contempladas com certificados e medalhas.

Na cerimônia estiveram presentes as procuradoras da Infância, Claudia Regina Lovato Franco e Ana Eliza, que iniciaram o evento agradecendo a todos que estiveram envolvidos no projeto:

“Nós ficamos muito felizes pelo interesse de vocês, principalmente das crianças que realizaram projetos tão importantes, levando conscientização e arte para dentro de sala de aula”, disse emocionada, a coordenadora local do projeto.

João Vitor, ganhador do primeiro lugar na categoria poesia foi ao evento acompanhado da sua professora, Eliana Aparecida e, muito alegre, recitou o seu texto, compartilhando também a importância da obra:

“Eu escrevi pensando nas crianças que têm medo de dizer o que acontece dentro de casa ou fora dela. Acho que atingi o que eu queria e estou muito orgulhoso de mim”, disse João, de apenas dez anos de idade.

Franco da Rocha, o futuro começa aqui

Para acompanhar os alunos, também estiveram presentes o prefeito Dr. Nivaldo Santos; a secretária de educação, Renata Celeguim e a coordenadora local do projeto, Iraci Silva, além do conselheiro tutelar e membro do CEMETI (Comitê de Erradicação do Trabalho Infantil) do município.

Para a equipe de educação, o recebimento do prêmio é uma grande conquista, segundo a secretária, Renata Celeguim, o papel da educação é de empoderar os alunos e ensiná-los a compreender a diferença do que é colaboração e trabalho infantil.

“Dentro de uma família, todos precisam ajudar, mas é diferente quando a criança recebe uma tarefa que a impede de estudar e brincar”, afirmou a secretária.
Ela também ressaltou que a Prefeitura, segue realizando projetos escolares que ajudam os alunos a compartilharem as situações que passam no dia a dia.

“Parabéns pela inciativa, precisamos investir ainda mais na educação para erradicar o trabalho infantil. É um desafio muito grande recuperamos o que perdemos durante a pandemia, mas estamos seguindo. Agora, vamos em busca de sermos premiados em Brasília, na fase nacional”, disse o prefeito.

Veja fotos do evento.

Texto e fotos: Khananda Beatriz